Escova sanitária: item indispensável para o seu banheiro

por admin 26/09/2019 às 12:45 0 Comentarios

 

Quando pensamos na limpeza doméstica uma das tarefas mais indesejadas é a limpeza do vaso sanitário. Ninguém gosta de limpar esse item essencial em qualquer casa. Mas esse tipo de limpeza é fundamental e deve ser realizada com materiais específicos para essa finalidade, como escova sanitária, esponjas e escovas exclusivas, ou seja, que não serão utilizadas na limpeza de outros ambientes.  


A limpeza do vaso sanitário precisa ser frequente. O ideal é que aconteça de duas a três vezes na semana, afinal é um lugar onde tem grande acúmulo de bactérias e germes causadores de doenças. Se tiver alguém doente na casa a limpeza deve ser ainda mais frequente. Se tiver crianças pequenas na casa também. 


A limpeza do vaso sanitário


Normalmente associamos a limpeza do vaso sanitário com o seu interior, mas ali é onde acumulam menos bactérias, já que a água acaba levando-as encanamento abaixo a cada uso. A principal preocupação deve ser com as superfícies que entram em contato com a nossa pele. 


A tampa também costuma ser muito contaminada, principalmente quando os usuários agem corretamente e fecham o vaso durante a descarga. Isso evita que as bactérias sejam lançadas no ambiente, contaminando outros pontos do banheiro, mas faz da tampa um ponto forte de contaminação que precisa ser lembrado na limpeza. 

 


O botão de acionamento da descarga também é um ponto que pode facilmente passar despercebido. Quando entramos em contato com ele, nossas mãos ainda não foram lavadas, então pode haver contaminação.  


Em geral, para reduzir as chances de contaminação do ambiente é importante que a pessoa esteja razoavelmente limpa, dê descarga logo após o uso com a tampa abaixada e que, se possível, passe um pano ou lenço umedecido pela superfície.    


Para que serve a escova sanitária?

 


O vaso sanitário está em constante contato com germes e bactérias e a exposição frequente ao calor, provocada pelos banhos diários, torna essa louça um dos pontos mais perigosos para a saúde.  


Manter esse item sempre higienizado é fundamental para garantir um ambiente saudável. 

 


A escova sanitária é um produto criado para facilitar e garantir a limpeza adequada dos banheiros. Com ela é possível alcançar partes mais difíceis do vaso sanitário sem que, necessariamente, haja contato entre as mãos e a louça.


Ela é um item essencial para manutenção da higiene do banheiro, mas exige cuidados na hora da limpeza e também depois. 


Como utilizar corretamente a escova sanitária?


Para limpeza do vaso sanitário será preciso ter em mãos a escova sanitária, luvas de borracha, cloro ou água sanitária, produtos de limpeza multiuso, esponja, pano ou papel toalha. 


A primeira etapa é calçar as luvas de borracha e colocar a quantidade recomendada na embalagem do produto de lavar banheiro, cloro ou água sanitária no vaso, desde o interior da borda. Deixe agir por alguns minutos. 


Em seguida, pegue a escova sanitária e esfregue cuidadosamente, limpando todo o espaço de dentro do vaso, inclusive dentro do assento. Tenha atenção às frestas de onde sai a água que podem esconder germes. Esfregue ainda mais nos lugares em que houver manchas. 

 


Em seguida dê a descarga e aproveite para lavar a escova sanitária dentro do próprio vaso, girando-a para enxaguar bem. Nesse momento a escova estará molhada e deverá ser colocada em um local apropriado para secar. 


Você pode prendê-la entre o assento e a louça, com a parte molhada para dentro e deixar assim por alguns minutos. Somente após estar completamente seca é que ela deve ser guardada no suporte, dentro do banheiro. 

 

 


Como manter a escova sanitária limpa e livre de germes?


Há quem use a escova sanitária repetidamente sem nunca tê-la limpado. Quando isso acontece as bactérias e germes acabam sendo espalhados pelo banheiro ao invés de limpá-lo.  


Limpar sua escova sanitária da maneira correta é fundamental para garantir a saúde e o bem-estar da sua família. E para fazer isso é bem simples, mas será preciso ter em mãos um balde, água quente (em ponto de fervura) e água sanitária ou cloro. 


Encha o balde com a água quente até a metade e acrescente duas xícaras de água sanitária ou cloro. Limpe a escova e retire as sujeiras grudadas, como cabelos ou fio dental, por exemplo. Coloque a escova sanitária no balde e deixe de molho nessa mistura por, pelo menos, uma hora. 


Após esse tempo, retire a escova sanitária do balde, lave em água corrente e limpa e deixe-a secar completamente antes de guardá-la no suporte.  


O suporte também deve ser lavado da mesma maneira, colocando água quente e um pouco de água sanitária ou cloro, deixando agir por 10 minutos, aproximadamente. Depois é preciso enxaguar.  


O ideal é que essa limpeza seja realizada pelo menos uma vez na semana e que a escova sanitária nunca fique no suporte com água, para evitar a proliferação das bactérias. Troque a escova sanitária periodicamente, pelo menos uma vez a cada ano, também. 


Outras dicas de limpeza para manter o banheiro livre de germes e dos maus odores:

  • Dica 1: é comum que as pessoas não tenham muito tempo para limpar os banheiros com a frequência ideal, e quando resolvem fazer já estão em situação catastrófica. Uma dica simples para evitar esse problema é utilizar o papel higiênico ou os lenços umedecidos para limpar pequenas sujeiras assim que elas aconteçam.
  • Dica 2: a maioria dos homens tem o costume de urinar em pé mesmo em casa e, dessa forma, os respingos de urina pelo vaso sanitário e pelo chão ao redor podem ser inevitáveis. Por isso, é indicado que, ao lavar o vaso sanitário, o tampo do vaso seja retirado por completo. Dessa forma você conseguirá limpar também os vãos que costumam acumular bactérias e resquícios de urina sem que você perceba. 
  • Dica 3: para remover manchas difíceis no vaso sanitário você pode utilizar removedores químicos ou então uma mistura de bicarbonato de sódio e vinagre. Primeiro é preciso despejar o vinagre no vaso sanitário, partindo da borda. A quantidade indicada é de uma xícara ou cerca de 250 ml. Deixe agir por um minuto e adicione uma xícara de bicarbonato e mais uma ou duas xícaras de vinagre. O vaso ficará borbulhante, já que essa é uma reação natural dessa mistura. Aguarde mais cinco minutos e use a escova sanitária para esfregar a mistura em todo o vaso, em especial nas manchas mais difíceis. Em seguida dê a descarga. 
  • Dica 4: lembre-se de limpar sempre a região ao redor do vaso sanitário também. Essa área também é contaminada e precisa de atenção. Você pode utilizar algum produto multiuso para retirar as sujeiras do piso, mas é importante usar um desinfetante também. Se tiver objetos ao redor do vaso, eles também devem ser limpos frequentemente, utilizando álcool ou o próprio produto multiuso. 


A escova sanitária não deve ser usada para limpar a tampa ou a parte externa do vaso para evitar o risco de espalhar as bactérias. Para essas áreas o correto é utilizar uma esponja ou pano com desinfetante. 

 


Agora você já sabe para que serve, como utilizar e como manter sua escova sanitária livre dos germes. Aproveite essas dicas e garanta a limpeza do seu banheiro e a saúde da sua família. 

 

Deixe um comentário